7 locais a não perder em Barcelona

Exploradores, em Barcelona fiz aquilo que não gosto de fazer, ser “turista”. E o que quero dizer com isto é que visitei a cidade ao invés de viver a cidade, como fiz com tantos outros locais. Mas, não deixei de a apreciar como deve de ser e por esse motivo no post de hoje indico-vos os locais que visitei e que vocês não devem perder…

1. Sagrada Familia

Não é possível passar indiferente a este templo e, provavelmente muitos de vocês quando pensam em Barcelona, idealizam automaticamente esta imagem à cabeça. Tive a sorte de ficar num hotel que distanciava a 10 minutos a pé deste magnífico monumento.

La Sagrada Familia foi planeada pelo arquiteto Antoni Gaudí e é a catedral inacabada mais famosa de sempre. A sua construção iniciou-se 1882 sendo interrompida em 1936 devido à Guerra Cívil Espanhola e prevê-se que a sua conclusão seja em 2026, no centenário da morte de Gaudí.

Visto que é uma das maiores atrações turísticas da cidade, aconselho-vos a comprar o bilhete online, evitando filas e até mesmo conseguindo algumas promoções.

 

 

 

2. Parque Güell

O empresário Eusebi Güell encomendou este parque ao arquiteto Antoni Gaudí (novamente envolvido numa grande obra) com um projeto para ser um parque privado, com cerca de 60 casas de luxo. No entanto, revelou-se um fracasso comercial (ainda bem) e foi vendido ao munícipio de Barcelona, sendo inaugurado como parque público em 1926. Em 1969 foi nomeado Monumento Histórico Artístico de Espanha e em 1984 foi classificado pela UNESCOPatrimónio da Humanidade.

O parque situa-se no Monte Carmelo, virado para o Mar Mediterraneo. Um local lindíssimo e muito colorido, com um único inconveniente… temos que subir para lá chegar mas com boas notícias, existem escadas rolantes!! Outro pormenor importante, quando fui, em 2014, optei por acordar mais cedo e estar lá à hora de abertura. Por esse motivo a fila estava muito pequena e entrei rápidamente mas, tenho visto algumas pessoas reclamarem em relação a isso e talvez seja uma boa idéia comprarem os bilhetes pelo site.

 

 

 

3. Bairro Gótico

Não é que tenha muita informação a dar sobre este bairro, no entanto é muito emblemático e também muito bonito devido aos diversos vestígios da época medieval. Ao percorrer as suas ruas, encontramos igrejas, praças, mercados típicos e também existem algumas lojas de antiguidades.

 

 

 

4. Las Ramblas e Mercado La Boqueria

Esta é a avenida mais conhecida da cidade e, é sem dúvida um lugar de passagem obrigatória. É aqui que podem conhecer toda a criatividade de Barcelona, com imesos artistas de rua e é também aqui que pode efetuar as suas compras, desde flores, a souvenir e entre outras coisas. Passeie descontraidamente e aproveite o ambiente envolvente.

E é  nesta mesma avenida que se encontra o Mercado La Boqueria, ao qual já dediquei um post de tão apaixonado que sou por ele.

 

 

 

5. La Barceloneta

Para quem procura um momento mais calmo, aconselho a darem uma volta pelos caís e em seguida manterem-se pela praia. Cheia de animação e diversão, frequentada não só por turístas mas também pelos moradores. Aproveite e experimente, num dos bares próximos, a famosa paella.

la-barceloneta.jpg

6. Casa  Batlló 

Também concebido por Antoni Gaudí, é um edíficio modernista catalão. É igualmente considerado pela UNESCO Património Mundial.

Para além de visitas turísticas, existe também espaço para organização de eventos de empresas e particulares. Digo desde já que não fiz esta visita, mas a fachada do edíficio merece ser observada com atenção.

IMG_1007

7. Estádio Camp Nou e Museu Barcelona Futebol Club

 

E, por fim, uma atração turística para os amantes do Futebol. Localiza-se na Avenida Aristides Mallol, um pouco distante do centro do centro da cidade mas vale o esforço. Segundo a UEFA, este estádio é classificado com 5*. É um dos maiores estádios do Mundo e tornou-se numa das grande atrações turísticas da cidade.

Não o vistei e nem fui ao museu, gosto de futebol mas apenas das seleções nacionais. Estive apenas na loja (onde os preços são caríssimos) e, digo-vos desde já que as visitas ao Estádio  e também ao Museu não são própriamente atrativas (pelo menos a mim teria saido do orçamento). No entanto, aconselho que o façam se forem com ideias para tal.

Para os curiosos, sigam-me no instagram ou procurem #nápelomundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s