South Coast

Ahhh viajantes viajantes, Islândia é o sonho de qualquer pessoa não é verdade? (vá, pelo menos para os apaixonados da natureza….) Já escrevi alguns posts e hoje trago-vos mais um tour diário, South Coast.

Quem ouve “South Coast” pensa que é toda a costa Sul da Islândia, o que não deixaria de ser verdade porém existem pontos de interesse que ficam um pouco distantes para se fazer num dia só. Quem faz a road trip pela Islândia acrescentará mais alguns pontos de interesse a este tour, nomeadamente Jokulsarlon Glaciar Lagoon e Diamond Beach, mas para quem estabelece a estadia em Reykjavik não é possível ir tão longe no mesmo dia (a menos claro que sejam nos dias longuissimos de Verão).

1 – Seljalandsfoss Waterfall 

A cascata de Seljalandsfoss (j lê-se como um i) é a primeira paragem a uma hora e meia de Reykjavik. Uma das mais populares da Islândia, com mais de 60 metros, de água fria do rio Seljalandsá que tem origem no famoso vulcão glaciar, Eyjafjallajökull (desejo-vos muita sorte a pronunciar este nome……).

O que torna esta cascata única é o facto de ser possível caminhar por trás da mesma. A atmosfera envolvente é simplesmente extraordinária, desde a vista até ao som da aguá a cair e dos passarinhos a cantar. Nos dias de sol podemos ser surpreendidos por um belo arco-íris e tudo isto faz com que exista uma magia no ar.

1533999315982589.JPG

Nota: durante os meses de Inverno a passagem por trás da cascata costuma estar fechada devido à água que congela e torna o chão escorregadio.

2 – Sólheimasandur Plane Wreck

Talvez não seja de interesse geral mas ainda assim acho essencial dar a conhecer aos visitantes esta maravilha, afinal não é todos os dias que vemos um “acidente aéreo”. Em 1973 um avião dos Estados Unidos ficou sem gasóleo e aterrou de emergência na praia de Sólheimasandur no sul da Islândia. Todos os passageiros sobreviveram e os restos do avião mantêm-se até hoje, quase intactos, no mesmo local.

No entanto, conduzir até lá é proibido e até há pouco tempo atrás o “passeio turistíco” a pé também o era. É preciso ter um espiríto aventureiro, pois não existe qualquer placa sinalizadora, apenas um parque de estacionamento improvisado (que por norma está sempre cheio) e uma caminhada de cerca de uma hora e meia, uma para ir e outra para voltar – e dito assim, até parece fácil mas a Islândia é também a terra do vento…..

1534000874384084.JPG

A entrada para o estacionamento é do lado direito (direção a Vik), as coordenadas são estas 63 27.546-19 21.887. Espero que encontrem facilmente o caminho e que me contem a vossa aventura!!

3 – Vik

A pequena vila de Vik, situada à beira mar é a cidade mais a sul do país com aproximadamente 300 habitantes, tornando-a assim a maior cidade da costa sul. É cercada por praias de areia preta, belos vales, montanhas e falésias que nos proporcionam vistas esplêndidas.

Aproveitem esta paragem para almoçarem e, não deixem de visitar a sua pequenina igreja de teto avermelhado, que funciona como um miradouro para a cidade.

 

4 – Reynisfjara praia de areia preta

Não tem nada a ver com as praias “tropicais” de areia branca ou bege a que estamos habituados e, nem tão pouco é utilizada para tomar banhos de sol ou no mar. Reynisfjara é mais uma das praias de areia preta da Islândia, mas a mais bonita, com colunas e caves de basalto, formações de lava e falésias que a tornam única e deslumbrante.

Por favor, tenham cuidado com o mar!! Já aconteceram vários acidentes com turistas nesta região, pois não respeitam a distância de segurança.

1534000281629537

5 – Glaciar Hike Sólheimajökull 

Ok….. Há quem diga que ir à Islândia e não caminhar sobre um glaciar não é ir à Islândia!! O meu conceito é um tanto diferente, até porque por norma convém ir com um profissional e não é de todo barato. Ainda que eu não o tenha feita deixo-vos sempre a sugestão para o fazerem.

É necessário equipamento apropriado, podem alugar no local e mesmo o guia também é fornecido ali. Para quem, como eu, não tem interesse em escalar sempre podem fazer uma pequena caminhada até à parte final do glaciar onde encontrarão um pequeno lago e por vezes pequeninos icebergs.

IMG_7768.JPG

6 – Eyjafjallajökull

Lembram-se da erupção de 2010 que causou danos aéreos em toda a Europa? Aqui está o nosso amiguinho.. Eyjafjallajökull é um vulcão glaciar, coberto por uma camada de gelo de 102km2 com 1651 metros de altura e uma cratera de 4 km de diametro….. pequenino certo? É conhecido não só pelas suas famosas erupções mas também pelo nome impronunciável… é a sério, até alguns islandeses ficam aflitos ao dizê-lo!

Este nome está na lista pois há um local especifico para vê-lo nitidamente, quando está bom tempo – obviamente que não conseguimos chegar lá perto.

7 – Skógafoss Waterfall

É uma das maiores cascatas da Islândia, 60 m de altura e 25 m de largura. A força da sua água é extremamente potente e devido à sua pulverização, em dias de sol, formam-se arco-íris, até mesmo duplos no local.

É possível ir até ao seu topo, através de uma escadaria com cerca de 550 degraus (eu cheguei a conta-los mas sinceramente já não me lembro) e a vista é simplesmente breathtaking, especialmente quando é quase o por do sol na famosa golden hour.

 

E por aí? Algum amante da Islândia? Deixem os vossos comentários e opiniões!!!!

Para os curiosos, sigam-me no instagram ou procurem #nápelomundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s