7 praias em Sintra

Portugal é um país costeiro e tem uma imensidão de praias, umas mais populares que outras mas todas magníficas. A zona de Sintra é conhecida por ser muito ventosa e mais fresca que outros locais do país, porém, também nos proporcionam praias belas, repletas de história geográfica  e pouco movimentadas turisticamente (com exceções, claro).

  • Praia do Magoito

Alvo de muita curiosidade no âmbito da geociência, com as suas belas falésias milenares. A água é límpida mas a praia tem algumas rochas (para aqueles que não gostam é um ponto negativo). O areal não é muito grande, principalmente na maré cheia, mas proporciona um ambiente acolhedor para os seus visitantes. Para quem gosta de caminhar, ainda podem ir a pé até à praia da Aguda, que fica mesmo ao lado.

O local conta ainda com acesso a mobilidade reduzida, estacionamento e um pequeno bar de praia, onde poderá encontrar algumas refeições e snacks.

  • Praia das Azenhas do Mar

Há quem diga que é a praia mais bonita da região ou até mesmo de Portugal. A vista é simplesmente deslumbrante e vale a pena visitar, mesmo que não seja para fazer praia. Não sei se existem maneiras de lá chegar sem ser de carro, mas acredito que deverá existir algum autocarro.

Conta com uma piscina natural e um pequeno areal, o chato é quando está mará cheia, tornando-se impossível fazer praia. O mar também não é muito convidativo, sendo agitado na maior parte das vezes.

azenhas do mar
  • Praia das Maças

Uma praia bonita com um bom areal, porém, alvo de brisas mais fortes (para mim, que não gosto, digo mesmo que é vento). O mar encontra-se agitado muitas vezes, tem, quase sempre, correntes intensas e a água é bem geladinha.

A zona de praia conta com alguns restaurantes, bares e esplanadas e tem um amplo estacionamento. Também podem chegar até à praia através de autocarro e de elétrico, muito utilizados pelos turistas que visitam a zona de Sintra.

Para os que pretendem ficar mais do que um dia, existem inúmeros hóteis e restaurantes na zona. Colares é, segundo muitas pessoas, onde se encontra preços mais baratos. E neste caso sugiro o Sarrazola House que já foi avaliado aqui no blog.

  • Praia Grande

É, muito provavelmente, a praia mais conhecida da região. O seu areal é grande, tal como o próprio nome indica, e fica resguardada. A água é muito fria e também violenta, sendo alvo de muita procura para alguns desportos aquáticos.

Existe um amplo estacionamento, diversos restaurantes e bares e ainda um pequeno paredão. Há ainda a oportunidade de utilizarem as piscinas oceânicas pertencentes ao Arribas Hotel. Os preços para 2019 são estes, mas podem sempre consultar o site.

Nota: Não perca a oportunidade de ver as pegadas de dinossauros, para isso basta subir as escadas que se encontram ao fundo da praia.

  • Praia da Adraga

Uma praia pequenina, mas encantadora e com grutas. A água é fria, tal como todas as outras e raramente se vê a bandeira verde. O vento também aparece por aqui, mas torna-se vantajoso nos dias extremamente quentes de verão.

O acesso não é muito difícil, existe estacionamento mas os lugares não são muitos. Das vezes que cá vim, sempre tive a sorte de encontrar a praia praticamente vazia, portanto é uma vantagem para quem não gosta de muito movimento à volta.

Esta praia tem ainda uma surpresinha.. Quando a maré está vazia é possível ir até à Praia do Cavalo. É utilizada tanto por pescadores como por banhistas. O ambiente é único, um areal muito pequenino que combina o ambiente de montanha da retaguarda com o lindo oceano azul à nossa frente. Se tiverem oportunidade, não deixem de ir… mas muito cuidado com a maré.

  • Praia da Ursa

É uma das praias mais emblemáticas da zona e, com toda a certeza, a que tem pior acesso… O carro deve ser deixado na estrada de acesso ao Farol do Cabo da Roca e depois feito a pé. Há também a possibilidade de avançar mais uns 500m com o carro por um trajeto de terra batida, mas para além do mau estado da via há também o cruzamento de carros, o que pode ser um tanto perigoso. A descida pelo trilho não é nada fácil e demora cerca de 30 minutos. Porém, é compensatório.

Um verdadeiro paraíso, é como é descrita muitas vezes pelos vários visitantes. Pequenas grutas, rochas no areal, paz e sossego é tudo o que poderá encontrar neste praia. Às vezes alguns nudistas também e nem sempre poderá nadar, devido à força do mar.

Não há restaurantes e nem bares, por isso vá preparado com lanche, água e um saquinho para o lixo caso queira passar o dia. E para os viciados nas redes sociais, não há rede no local, só há a possibilidade de aproveitar e conviver ou até mesmo ler um bom livro.

  • Praia do Guincho

Há quem diga que pertence a Cascais, há quem diga que pertence a Sintra mas a verdade é que faz parte o Parque Natural Sintra-Cascais.

Envolvida num cenário rochoso, com um mar muito agitado atraindo muitos surfistas de vários locais do nosso grande mundo. É muitíssimo ventosa, mas já ouvi dizer que de manhã é agradável (sinceramente nunca tentei…). Vale sempre a pena a visita, nem que seja para uns minutos de sossego a ouvir as ondas a bater nas rochas e para presenciar o esplendoroso pôr do sol.

Há estacionamento por perto, restaurantes e bares de praia.

E por aí? Alguém que conhece alguma destas praias? Deixem a vossa opinião nos comentários ou na página do facebook.

Boas Viagens!!

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s